Ribeira GrandeGeo Ribeira Grande

Modo fotográfico

Caldeira Velha

Caldeira Velha
Caldeira Velha
Caldeira Velha
Caldeira Velha
Caldeira Velha

É uma área integrada no parque natural de ilha e classificada como monumento natural, segundo o decreto legislativo regional nº19/2008/A de 8 de julho.

Reabriu a 29 de agosto de 2013 como Centro de Interpretação da Caldeira Velha, uma estrutura vocacionada para a promoção do património natural. Está localizado na encosta norte do maciço central da Serra de Água de Pau, na estrada regional da Lagoa do Fogo.

Este espaço convida o visitante a descobrir e a experimentar um contato mais direto com a natureza. Ao visitar a Caldeira Velha, o visitante não só usufrui de um passeio relaxante, como também encontrará a possibilidade de se banhar nas poças que atualmente existem.

A mais antiga, junto à cascata de água férrea, cuja temperatura ronda os 25ºC ou a poça mais recente, com água aquecida pela fumarola, com temperaturas que variam entre os 35ºC e os 38ºC.

Poderá ainda desfrutar de um conjunto de painéis que o levarão numa viagem pela origem vulcânica das ilhas, do complexo vulcânico da Lagoa do Fogo e por um outro conjunto de informações que dizem respeito à biodiversidade, geodiversidade, geotermia e termalismo.

Há ainda a possibilidade de efetuar o Trilho da Nascente Termal do Monumento Natural da Caldeira Velha. Com uma extensão de 320 m (ida e volta) é um percurso pedestre de dificuldade fácil, devido à sua inclinação. Este percurso leva os visitantes ao encontro da nascente termal, cuja água que exsurge de fraturas dos afloramentos rochosos traquíticos ronda os 32ºC, seguida de uma cascata. Esta manifestação secundária de vulcanismo provém de um aquífero suspenso aquecido por vapor que ascende a partir do reservatório geotérmico, que existe em profundidade no Vulcão do Fogo.

Este percurso pedestre encontra-se envolto por uma densa e exuberante vegetação, dominada por fetos-arbóreos (Cyathea cooperi) e outras espécies exóticas como incensos (Pittosporum undulatum), acácias (Acacia melanoxylon) e bambus (Phyllostachys bambusoides). Ao longo do percurso também podem ser encontradas algumas espécies nativas, como é o caso do feto-do-botão (Woodwardia radicans) e do feto-do-cabelinho (Culcita macrocarpa). Ao nível dos endemismos dos Açores, podem ser encontradas trepadeiras como a hera (Hedera azorica) e o alegra-campos (Smilax azorica), consideradas prioridades em conservação, bem como a ave mais pequena da Europa, a estrelinha-de-poupa (Regulus regulus azoricus), uma subespécie endémica de São Miguel.

Por motivos de segurança e como medida de conservação da natureza, o Trilho da Nascente só poderá ser realizado mediante o acompanhamento de um técnico do Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha, em grupos organizados de, no máximo, 10 pessoas. As visitas guiadas serão realizadas todos os dias, no seguinte horário: 9:30, 11:30, 14:00, 16:00, 18:00 e 19:00.

Contactos

Morada

Estrada Regional da Lagoa do Fogo