Ribeira GrandeGeo Ribeira Grande

Modo fotográfico

Ruína de Fontanário


O fontanário, que é possível observar em frente à atual igreja de São Pedro, na freguesia da Ribeira Seca, Ribeira Grande, é uma memória única da erupção vulcânica ocorrida em 1563 e que soterrou o lugar da Ribeira Seca.

É uma ruína de fontanário construído em pedra aparelhada, parcialmente soterrada pela erupção vulcânica. Está visível a parede onde se localiza a bica e grande parte da bacia de recolha de água. Em seu redor foi construído um murete circular (com cerca de 40 cm de altura), com um gradeamento de proteção.

Na parte interna do murete encontra-se um suporte com uma lápide onde se pode ler: “Este fontanário público foi soterrado em 1563 pela lava emanada de uma erupção vulcânica dessa época e que originou o Pico do Sapateiro. Este monumento deverá ter sido construído entre 1515 e 1563. O Pico do Sapateiro, hoje conhecido por Pico Queimado, foi formado a partir de uma série de vulcões que se verificaram no sul desta freguesia de Ribeira Seca. Na parte superior daquele pico pode observar-se ainda quatro pequenas crateras, uma das quais foi formada durante a erupção vulcânica de 1563. Este fontanário tem um grande significado científico e histórico, visto que está ligado às erupções vulcânicas que ocorreram na ilha de São Miguel a seguir aos primeiros tempos do seu povoamento”.

Contactos

Morada

Largo de São Pedro