Ribeira GrandeNotíciasCultura

Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia

Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia
Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia
Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia
Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia
Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia
Festival de folclore ganha novo impulso com apoio da autarquia

Enviada à em 2015-08-10 | Cultura

O XI Festival Internacional de Folclore do Porto Formoso marcou um momento de viragem na ligação entre a organização do mesmo, a cargo do Grupo Folclórico Nossa Senhora da Graça, e a Câmara da Ribeira Grande. A parceria estabelecida, juntamente com o COFIT, permitiu, pela primeira vez, trazer dois grupos internacionais ao evento e lançar as bases para o crescimento no futuro próximo.

“A Câmara da Ribeira Grande tem dado a devida atenção à preservação das nossas tradições e isso é visível no salto que o Festival Internacional de Folclore do Porto Formoso já deu, reunindo condições para se projetar ainda mais para o exterior, permitindo levar mais longe as nossas raízes”, disse Alexandre Gaudêncio.

O presidente da Câmara da Ribeira Grande assistiu ao festival e realçou que “tem cabido a este executivo o papel dinamizador de um evento que queremos que continue a crescer”, destacando que “este ano, e pela primeira vez, em parceria com o COFIT, foi possível ter dois grupos estrangeiros no festival.”

Alexandre Gaudêncio acredita que esta é uma realização que tem tudo para continuar a crescer. “O feedback que obtivemos foi muito bom e a presença dos grupos do Canadá e de Taiwan no Porto Formoso permitiu abrir portas para intercâmbios futuros. Estamos a falar, por isso, de eventos internacionais que permitirão levar mais longe o nome da Ribeira Grande.”

No XI Festival Internacional de Folclore do Porto Formoso, para além do grupo da casa, participaram também o Grupo de Cantares e Bailares da Relva (São Miguel), o Yung-Ping Artistic Dance Group (Taiwan) e o Ensemble Folklorique Mackinaw (Canadá), que dançaram ao longo de duas horas para cerca de um milhar de espetadores.