Ribeira GrandeNotíciasActualidade

Feira Quinhentista recria as batalhas que definiram Portugal e o papel das ordens sociais

Feira Quinhentista recria as batalhas que definiram Portugal e o papel das ordens sociais
Feira Quinhentista recria as batalhas que definiram Portugal e o papel das ordens sociais

Enviada à em 2018-07-11 | Actualidade

A nona edição da Feira Quinhentista, evento que se realiza anualmente na Ribeira Grande, será dedicada à temática “Ribeira Grande e as ordens medievais: povo, clero e nobreza”, incidindo sobre a “estratificação social em época medieval/quinhentista”, explicou Alexandre Gaudêncio.

O presidente da Câmara da Ribeira Grande avançou que a temática escolhida apresentará, no recinto da feira, “as principais batalhas que definiram Portugal desde o século XV e que se repercutiram por muita da nossa história até ao século XX, não esquecendo o papel específico de cada ordem social destes tempos de quinhentos.”

Ao longo dos quatro dias de feira – começa a 12 de julho e termina no dia 15 – os visitantes poderão apreciar diversos momentos que vão desde a “preparação das armas, treino militar e ação nas batalhas, até aos assaltos e defesa.” Alexandre Gaudêncio destacou que, este ano, “teremos a oportunidade de mostrar aos nossos visitantes a importância histórica da nobreza, do clero e também da maioria dos homens que eram do povo.”

Na conferência de Imprensa de apresentação da edição deste ano da Feira Quinhentista, o edil sublinhou a preocupação de garantir que as “áreas temáticas se articulem entre si de modo a entretecer os conteúdos e as personagens que as integram, recriando o ambiente coevo durante o mesmo período, ilustrando a História de forma viva, dinâmica e integrada nos seus diferentes vetores de realização”.

Como sempre acontece, haverá lugar para “teatralizações diárias que vão contar uma parte da História local e/ou nacional, com uma duração de cerca de dez minutos a ocorrer nas praças do burgo”. Também será montado um acampamento castrense onde nele se “documentará, na prática e ao vivo, toda a recriação do quotidiano bélico, ocupando-se os seus moradores na limpeza das armas, confeção de cotas de malha, tinturaria, tecelagem, marcenaria, ferreiro, alfageme e ferrador ou cordoaria, enquanto os guerreiros treinarão com lanças, piques, adagas e martelos de armas”.

As animações estarão a cargo dos vinte grupos presentes, sendo nove deles locais, que garantirão vários espetáculos musicais de índole quinhentista, dança quinhentista, cinco espetáculos de teatro de fogo, vários espetáculos interativos com o público (com jogos, luta de cena e esgrima artística), espectáculos equestres e várias animações musicais/teatrais itinerantes durante todo o espaço da feira.

À semelhança dos anos anteriores, desenrolar-se-á mais um concurso de fotografia subordinado ao tema deste ano com o objetivo fundamental de projetar a Feira Quinhentista que acontece na cidade da Ribeira Grande através do registo fotográfico dos momentos que a compõem ao longo dos quatro dias do evento.

São esperados cerca de 25 mil visitantes na Ribeira Grande ao longo dos quatro dias de Feira Quinhentista, evento que é já uma “referência na agenda dos locais e de todos os que nos visitam por esta altura do ano, havendo até quem já marque férias para poder assistir a esta grande recriação histórica”, destacou Alexandre Gaudêncio.