Ribeira GrandeFreguesiasSão Brás

Modo fotográfico

São Brás

A freguesia de São Brás confronta com o mar e coma s freguesias de Porto Formos e Maia (concelho de Ribeira Grande) e Ribeira da Taínhas (concelho de Vila Franca do Campo).
O topónimo desta freguesia teve origem numa ermida quinhentista dedicada a São Brás. Sobre isso mesmo Gaspar Frutuoso, nas suas “Saudades da Terra”, refere-nos o seguinte: “sai ao mar uma ponta chamada de São Brás, por estar ali em um alto outeiro uma ermida deste santo”.

A data de fundação desta localidade é incerta, contudo parece que o seu povoamento decorreu ao mesmo tempo que o do Porto Formoso. O lugar de São Brás foi curato sufragâneo do Porto Formoso até 1980, data em que foi elevado à categoria de freguesia.
A freguesia de São Brás esteve ligada às lutas entre absolutistas e liberais, conservando-se, ainda hoje, na Roca do Louro, uma gruta natural que serviu de esconderijo ao povo desta localidade durante as referidas lutas.

A igreja paroquial desta freguesia, dedicada a São Brás, começou a ser edificada em 1886 num terreno doado pelo conde da Fonte Bela. Contudo, este templo só foi terminado em 1961 com a edificação das torres sineiras.

Gráfico Demográfico das Freguesias da Ribeira Grande